Deixe um comentário Saúde

PT de Jales conquista R$ 100 mil reais para Saúde


O presidente do Partido dos Trabalhadores de Jales, Hilton Marques, confirmou nesta última sexta-feira (03 de Julho)  a destinação de R$ 100.000,00 (Cem mil reais) para o enfrentamento ao COVID-19.  O recurso foi um pedido feito ao ex-ministro da saúde e Deputado Federal – Alexandre Padilha que será liberado do Fundo Nacional de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde de Jales com  objetivo de ajudar no custeio neste momento de pandemia.

Hilton Marques, informou que gostaria que o recurso chegasse até a Santa Casa de Jales, uma vez que ela, é uma das entidades que é afetada diretamente, pois precisa dar sempre respostas rápidas ao enfrentamento ao COVID-19, atendendo assim a população de nossa cidade e região.

Hilton ainda informou que esta é uma das ações que tem trabalhado ao longo dos últimos anos, inclusive conseguiu junto ao ex-Deputado Estadual Zico Prado uma emenda para custeio de R$ 100.000,00  (Cem mil reais) ,que foi liberada em novembro do ano passado para a Santa Casa de Jales.  

O PT de Jales esteve e sempre estará de portas abertas para receber as demandas da sociedade independente de qual seja, pois o nosso papel enquanto partido e dirigente deste partido é sempre dar voz e ser ferramenta da discussão de políticas públicas.  Temos uma ótima relação de amizade e trabalho com o Deputado Federal Alexandre Padilha e também com o Deputado Estadual Paulo Fiorilo, bem como, com tantas outras lideranças, que sempre tem nos atendido pontualmente em nossas reinvindicações. Por exemplo, uma outra ação, foi quando instalaram radares inteligentes ao longo da Rodovia Euclides da Cunha, fizemos um pedido ao Deputado Estadual Paulo Fiorilo que nos atendeu prontamente e requereu informações sobre os objetivos destes radares, se é apenas para fiscalizar ou se também é para levantar dados para uma futura instalação pedágios em nossa região, algo que seria inaceitável, principalmente agora após o caos da pandemia em nosso país, informou Hilton Marques.


Deixe um comentário Educação

MPF quer que faculdades do noroeste de SP comprovem indenizações a estudantes


O Ministério Público Federal (MPF) requereu que três instituições de ensino superior do noroeste paulista comprovem ter indenizado alunos e ex-alunos pela cobrança ilegal para expedição de documentos desde 2003. A obrigação foi imposta por força de condenação no âmbito de uma ação civil pública do MPF contra o Centro de Ensino e Cultura de Auriflama, a Associação Educacional de Jales (mantenedora da Unijales) e a Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do Sul.

As instituições foram condenadas a devolver aos estudantes as quantias, atualizadas com juros e correção monetária, cobradas para a emissão da primeira via de diplomas, históricos escolares, boletins de notas e outros documentos. A prática contraria as normas do Ministério da Educação, que indicam a expedição dos papéis entre os serviços já cobertos pelo pagamento das mensalidades e reservam às faculdades o direito de apenas recolher taxas quando os pedidos são extraordinários, como no caso de segunda via.

Além de estabelecer a indenização, a sentença da Justiça Federal em 2011 proibiu as três entidades de realizarem novas cobranças dessa natureza e garantiu o direito de ex-alunos de terem acesso às primeiras vias dos documentos caso não as tenham obtido em virtude das taxas exigidas. Após recursos da defesa contra a decisão, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) descartou a indenização dos valores em dobro, conforme definido inicialmente, mas manteve a ordem para devolução simples das quantias e as demais obrigações impostas.

As entidades estão sujeitas a multas diárias de R$ 1 mil caso descumpram as determinações judiciais. A condenação é definitiva desde junho do ano passado, quando se esgotaram os prazos para que as instituições de ensino protocolassem novos recursos contra a decisão. Em manifestação enviada à Justiça, o MPF pede que, além de comprovarem as indenizações, as rés apresentem a relação de todas as cobranças indevidas feitas de 2003 até hoje.

As investigações sobre a cobrança ilegal de taxas em faculdades e universidades no noroeste paulista não se restringem ao Centro de Ensino e Cultura de Auriflama, à Associação Educacional de Jales e à Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do Sul. Desde o ano passado, a Universidade Brasil também é alvo de um inquérito civil público do MPF para averiguar a exigência indevida de valores relacionados à expedição de documentos estudantis no campus de Fernandópolis. O procedimento foi instaurado pouco antes da deflagração da Operação Vagatomia, que desmantelou uma organização criminosa que atuava na instituição para a venda de vagas e a prática de fraudes no financiamento estudantil.

O número da ação que levou à condenação das três entidades de ensino é 0000725-47.2008.403.6124.

Consulta da tramitação 

Íntegra da manifestação do MPF

Fonte Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Estado de São Paulo
twitter.com/mpf_sp
facebook.com/MPFSP

Informações à imprensa:
saj.mpf.mp.br
(11) 3269-5701


Deixe um comentário Geral

94 concursos públicos abertos com mais de 10,6 mil vagas


Pelo menos 94 concursos públicos estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (8) no país para preencher mais de 10,6 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

CONFIRA AQUI A LISTA COMPLETA DE CONCURSOS E OPORTUNIDADES

Além de vagas para preenchimento imediato, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Somente na Prefeitura de Barra dos Coqueiros, em Sergipe, são oferecidas 586 vagas, com salários de até R$ 3.232,49. Veja o edital.

Já na Prefeitura de Gravatá, em Pernambuco, são 515 vagas, com salários de até R$ 11 mil. Veja o edital.

No processo seletivo da Prefeitura de São Gabriel do Oeste (MS), são 57 vagas em disputa, com salários chegando a até R$ 18.536,94 para os cargos de médico e psiquiatra. Veja o edital.

Entre os concursos que abrem as inscrições nesta segunda-feira, está o da Prefeitura de Santa Rosa da Serra (MG), com 84 vagas para todos os níveis de escolaridade e salários de até R$ 2.995,27. Veja o edital.

Também serão abertas nesta segunda as inscrições para o processo seletivo do Comando do Exército da 3ª Região Militar do Estado do Rio Grande do Sul. O número de vagas não foi pré-estabelecido, mas o concurso é direcionado para profissionais de nível superior com formação em áreas como administração, comunicação social, ciências contábeis, direito, enfermagem e engenharia. Veja aqui o edital.

Fonte: G1.COM


Deixe um comentário Saúde

Sete novos casos positivos de COVID-19 em Jales são de profissionais da saúde


Foi confirmando ontem que sete profissionais que trabalham no Núcleo Central de Saúde do município testaram positivo para coronavírus, a somatória dos casos positivos serão divulgadas no boletim de hoje.

Todos estão em isolamento domiciliar e sendo acompanhados pela equipe da Vigilância Epidemiológica de Jales e passam bem. Todos serão incluídos no boletim epidemiológico de hoje, 30 de maio. 

Dados os aumentos de casos de covid-19 na cidade, sem dúvida alguma podemos perceber que já se trata de transmissão comunitária, e nesta situação levantamos duas questões: 

Nossos profissionais de saúde estão bem equipados?

Existe EPI suficiente até quando? 

Outro ponto que precisa ser avançado é a importância de nossos hábitos como prevenção, além de máscara, higienização, é necessário nos atentar a tudo que tocamos e lembrar sempre de higienizar nossas mãos para não nos contaminar com o vírus que possa estar em algo. 

Um alerta:  plásticos, dinheiro, tantos objetos que tocamos diariamente, façam sempre a higienização antes e após, faz toda diferença, todo cuidado é importante.