Deixe um comentário Cultura

Prefeitura responde requerimento sobre possível mudança da biblioteca municipal de Jales


O vereador Hilton Marques (PT), em requerimento, questionou se a Prefeitura planejava transferir de local a biblioteca municipal, o museu e a casa do poeta, que estão instalados no Espaço Cultural “Dr. José Carlos Guisso”, bem ao lado da Prefeitura Municipal de Jales.

Marques explicou que, segundo informações extraoficiais, havia um projeto para transferir a biblioteca municipal para outro local e, caso a informação fosse procedente, a medida deveria ser bem avaliada, pois, a biblioteca estava localizada na área central e de fácil acesso aos munícipes, além de abranger o Museu e a Casa do Poeta, fortalecendo estes espaços como referências na cidade.

Diante do requerimento, a Prefeitura, através da Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, respondeu informando que está em fase de projeto,  e que o mesmo será apreciado pelo Conselho Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Turismo, sendo ainda complementado que haverá uma revitalização no prédio da FEPASA que é o local cotado para a instalação da biblioteca, bem como também para comportar um Centro de Cultura e Turismo.

O Vereador Hilton Marques destacou: “Qualquer ação deste porte deve ser sempre debatida  com todos os trabalhadores e trabalhadores da cultura, principalmente com aqueles que debatem o futuro da Cultura da nossa cidade através do Fórum Permanente de Cultura de Jales. A aproximação do Poder Executivo  junto a população é de grande importância para que pensemos de fato a Cultura como um todo em nossa cidade.”

 

Deixe um comentário Cultura

Prefeitura de Jales divulga editais de chamamento público da Lei Aldir Blanc


Com informações: SECOM de Jales

A Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Juventude, publicou os Editais de Chamamento Público relativos a Lei Federal 14.017/2020, denominada Lei Aldir Blanc.

São dois Editais distintos em que artistas, trabalhadores da cultura e coletivos culturais da cidade poderão se inscrever. O Edital de Chamamento Público nº 01/2021, que tem por objetivo auxiliar financeiramente a realização de Festivais, Mostras, Eventos Culturais e Criativos, e o Edital de Chamamento Público nº 02/2021, voltados a artistas, grupos e demais profissionais trabalhadores da cultura, como técnicos e produtores, residentes em Jales.

Podem se inscrever trabalhadores com atuação no setor cultural na cidade de Jales das mais variadas modalidades artísticas e culturais, sendo elas: arte-educação, artes visuais, artesanato, audiovisual, capoeira, circo, contação de histórias, cultura popular, dança, hip-hop, gestão cultural, grafite, literatura, música, patrimônio material e imaterial, produção cultural, teatro, entre outros.

As inscrições terão início a partir das 08h do dia 20 de setembro e ficarão abertas até às 17h do dia 4 de outubro. Para realizar a sua basta acessar o site oficial da Prefeitura de Jales (https://jales.sp.gov.br/aldir-blanc).

INFORMAÇÕES

EDITAL I  

EDITAL II


Deixe um comentário Cultura

Escola Livre de Teatro com novo projeto de Contação de Histórias


O Núcleo de Produção e Difusão Cultural, coletivo do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, estreou na última terça-feira (03/08) seu mais novo projeto “Tecendo a Rede – Contação de Histórias Africanas”. O trabalho dialoga a linguagem teatral com a contação de histórias, buscando de forma lúdica e poética difundir o universo da literatura para as crianças.

Foram duas apresentações realizadas no município de São João de Iracema, em duas escolas municipais, para o público de crianças de 03 a 09 anos, que estavam retornando as atividades escolares de forma presencial e puderam acompanhar o espetáculo e apreciar as histórias contadas.A trama é desenvolvida a partir de dois velhos amigos viajantes, que carregam em suas bagagens lembranças, memórias e muitas histórias. Na viagem, as crianças são convidadas a pegarem carona e se deliciarem com histórias geracionais trazidas do continente africano. Juntos descobrem o porquê da Galinha d’Angola ter pintinhas brancas, o porquê do Gato e o Rato viverem em uma luta eterna, entre outras narrativas.O projeto busca imergir na cultura africana e afrobrasileira, buscando descobrir seus saberes tradicionais, históricos e culturais, valorizando a pluralidade e diversidade existentes em nosso país.

O lançamento oficial do espetáculo está sendo preparado e acontecerá em Jales em breve e a agenda já está disponível para apresentações presenciais, sempre respeitando os protocolos sanitários da Covid-19.

Confira as apresentações abaixo:

Fotos: Juliana Pollato


Deixe um comentário Cultura

Jales começa cadastro para mapear artistas do município visando Lei Aldir Blanc


Na segunda-feira, dia 28 de junho, terá início o cadastro de mapeamento dos artistas de Jales com o objetivo viabilizar, caso seja autorizado pelo governo federal, o repasse de recursos da Lei Aldir Blanc, de emergência cultural aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República no ano passado.

Na sexta-feira, dia 11 de junho, o Diário Oficial da União publicou a Lei nº 14.150/2021, que com a derrubada de vetos pelo Congresso Nacional, autoriza e garante a prorrogação da execução de todos os recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, que estão nos caixas de diversos Estados e centenas de município de todo o país, totalizando quase R$ 800 milhões.

Os profissionais de arte podem acessar o site da Prefeitura de Jales para cadastramento e informações em https://jales.sp.gov.br/aldir-blanc/.

Quem pode se cadastrar?

Trabalhadores e trabalhadoras com atuação no setor cultural na cidade de Jales das mais variadas modalidades artísticas e culturais, sendo elas: arte educação, artes visuais, artesanato, audiovisual, capoeira, circo, contação de histórias, cultura popular, dança, hip-hop, gestão cultural, grafite, literatura, música, patrimônio imaterial, patrimônio material, produção cultural, teatro, entre outros.

 A Lei

O nome da lei é em homenagem ao compositor Aldir Blanc, vítima da Covid-19. Ele faleceu no Rio de Janeiro, em maio, aos 73 anos. Referência na Música Popular Brasileira, Blanc teve algumas de suas composições imortalizadas na voz de Elis Regina como “O Bêbado e a Equilibrista”.

A iniciativa pretende ajudar profissionais que perderam renda em razão da crise provocada pela pandemia do coronavírus. A Lei prevê repasse a estados e municípios que irão aplicá-lo em renda emergencial para profissionais de arte e cultura.

O secretário de Esportes, Cultura e Juventude, Wilter Guerzoni, ressaltou que, “em Jales temos artistas altamente capacitados e merecem total apoio e reconhecimento. Vejo a Lei Aldir Blanc como uma medida que pode ajudá-los durante o período de pandemia, assim como já ajudou muitos artistas no ano passado. Pedimos a todos os artistas que realizem seu cadastro no link bit.ly/labjales, para que possamos mapear todos eles, mas lembramos que esse pré-cadastro não é garantia do recebimento do recurso”.

Fonte: Prefeitura Municipal de Jales